?

Alimento seguro para os celíacos

Obrigado pelo seu apoio.
Agradecemos a sua participação na campanha para garantir alimentos mais seguros aos portadores de doença celíaca. Ela foi muito importante nessa mobilização, onde conseguimos cerca de 9 mil manifestações, para ajudar quem tem intolerância permanente ao glúten ( proteína presente no trigo, aveia, centeio, cevada e malte).
A PROTESTE em parceria com a Federação Nacional das Associações de Celíacos do Brasil (Fenacelbra), e outras 14 entidades, estão empenhadas para estabelecer limite no teor de glúten permitido em alimentos que se denominam livres da substância. Queremos limitar a 10 ppm (partes por milhão em mg/kg) de glúten para que os alimentos se enquadrem nessa categoria.
É o que vamos pleitear na consulta pública que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está promovendo até o dia 15 de agosto de 2014, para discussão da proposta de nova norma para a rotulagem de alergênicos em alimentos. Para isso, nesta data, será enviado o manifesto com as assinaturas à Gerência-Geral de Alimentos da ANVISA.